.: SERVIÇOS :.
 
 

 

O que é?
O radiador, é um dispositivo que faz a troca de calor para o conjunto de arrefecimento, utilizando a água e o ar como meio de refrigeração.

Como funciona ?
O radiador automotivo, faz parte do sistema responsável pelo resfriamento da água que circula pelo bloco do motor, fazendo com que a temperatura não exceda os limites aconselháveis para o bom funcionamento do motor.
A temperatura ideal para a água é de 70º C nos motores a gasolina e de 80º C nos motores a álcool e a diesel.
A água quente que sai do bloco do motor, circula forçadamente pelo interior dos tubos do radiador, onde é resfriada.
Essa água é resfriada porque através do bloco, é forçada a circulação de ar, através de um ventilador. Usualmente, em automóveis e caminhões, o ventilador trabalha succionando o ar para aproveitar o efeito do movimento do veículo.

Quando a temperatura excede o limite, pode ocorrer:

- Dilatação dos componentes móveis, causando aumento do atrito, chegando a bloquear o movimento.

- Superaquecimento dos materiais aplicados na construção do motor, que podem se dilatar.

- Deteriorização do óleo lubrificante.

- Aumento da pressão no motor, podendo romper uma mangueira, tampa ou a boca do radiador.

Resumindo, o radiador é usado para que em conjunto com o sistema de bombeamento de água e do fluxo de ar, que é gerado por uma hélice, seja capaz de dissipar para o ambiente o calor gerado pelo motor.

Partes de um radiador

Aleta: Lâmina ligada aos tubos de arrefecimento (colméia), para aumentar a área de troca de calor, trazendo maior rigidez ao bloco, podendo ser plana ou corrugada (zig-zag).
Tubo: Tubo pelo qual circula o fluído de arrefecimento e/ou água, podendo ter o formato redondo, oval ou plano.

Cabeceiras: Elemento de ligação entre o bloco e as caixas.

Caixa de Entrada (cabeceira superior) : Componente que distribui o fluido/água de arrefecimento.

Caixa de Saída ( cabeceira inferior) : Componente que coleta o fluído do arrefecimento.

Obs: O radiador, embora dê a aparência de um conjunto robusto, é uma peça bastante sensível, exigindo cuidado desde a confecção até a embalagem e o transporte.

Dicas para o bom funcionamento do Sistema de Arrefecimento de seu veículo:

1 - Prolongue a vida do radiador utilizando fluido/aditivo: Consulte o manual do proprietário de seu veículo.

2 - A troca do fluido/aditivo deve ser realizada a cada 6/12 meses.
Atenção: Fluido/aditivo vencido trabalha contra o sistema.

3 - Verifique constantemente o nível de água do radiador , nível baixo de água pode significar vazamento. Verifique: radiador, mangueiras, abraçadeiras, tampa do reservatório e a bomba dágua).
Atenção: Evite completar água com o radiador quente.

4 - Vazamento de água gera perda de pressão do sistema, com isto, o motor trabalha mais, o consumo de combustível aumenta e o veículo perde rendimento.

5 - Para fazer a limpeza do sistema, o ideal é retirar do local o radiador e o reservatório de água e lavá-los com produtos especiais.

6 É importante trocar a água do bloco do motor quando realizar a limpeza do sistema.

7 - Temperatura do veículo acima do normal, pode ser problema do sistema de arrefecimento.
Atenção: Evite andar com o carro nesta ocasião.

Atenção: Dicas para veículos normais e intercoolados.

Aditivos - Por que usar?

A falta de uso de aditivo causa, principalmente:

  • Travamento da válvula termostática;
  • Ressecamento das mangueiras;
  • Formação barrosa no radiador, provocando o entupimento e causando fervura.

A fervura, causa superaquecimento e pode resultar no empenamento do cabeçote, causando perda de potência. Também queima a junta do cabeçote e compromete o consumo de gasolina.

Conseqüências do mau uso de aditivo
As principais conseqüências do mau uso de aditivo são:

  • Concentração inadequada de etilenoglicol, minimizando o poder anticongelante e refrigerante do líquido..
  • A ausência de anticorrosivos deixa o circuito desprotegido ao ataque da corrosão.
  • A ausência de aditivos antiespumantes, reduzem o poder de refrigeração do líquido e favorecem o surgimento do fenômeno da cavitação.
  • A má proteção aos novos materiais, tais como alumínio e ligas metálicas utilizados na fabricação dos componentes produz corrosão e cavitação.
Principais motivos de mau funcionamento
1 - Entupimento da tubulação, causado pelo acúmulo de ferrugem trazida do bloco do motor ou pela utilização de água com impurezas ou por aditivo vencido.
2 - Entupimento das aletas, causado pelo acúmulo de partículas sólidas, tais como: insetos, poeira, folhas, serragem, etc.
3 - Mau funcionamento da válvula termostática, ocasionando perda indevida de água/fluido e conseqüentemente aumento de temperatura.
4 Tampa do reservatório de água com problema, ocasionando perda de água e pressão do sistema.
5 Mangueiras/abraçadeiras provocando vazamento de água/fluido e perda de pressão.
6 Bomba d água com vazamento ou com problema, ocasionando falta de circulação da água/fluido e conseqüentemente aumento da temperatura.

Atenção:
O sistema de arrefecimento cumpre a importante função de garantir o funcionamento do motor dentro dos níveis ideais de temperatura, levando em consideração as características, o tipo e a intensidade de trabalho de cada veículo.
Portanto, cuidados são necessários para manter o bom funcionamento do seu radiador.
Recomendamos que o sistema de arrefecimento de um veículo passe por uma revisão completa no mínimo 1 vez por ano. Nessas ocasiões o radiador deve ser limpo por dentro e por fora e avaliado com relação à sua capacidade de funcionamento. Caso o seu desempenho já esteja comprometido, tentar seu recondicionamento ou a troca por um novo.
O líquido de arrefecimento deve ser integralmente substituído por outro de qualidade compatível, dentro do período de 6 meses para veículos a diesel e de 12 a 18 meses para os demais veículos.

 

 

 

 

  • Conserto e manutenção de: radiadores, intercooles e implementos de refrigeração, trocadores de calor, elementos de óleo estacionários, marítimos, tratores, colheitadeiras e locomotivas.
  • Soldas em alumínio, prata e metal.
  • Troca, Montagem e recuperação de colméia de veículos e máquinas pesadas.
  • Especializada em radiadores de água, ar, óleo e trocadores de calor.
  • Conserto e manutenção de radiadores.
  • Montagem e recuperação de colméias de metal para qualquer modelo.
  • Recondicionamento de radiadores (Técnica desenvolvida especialmente para recondicionar radiadores de alumínio).
  • Limpeza com produtos especiais. (Imersão em produtos especiais que limpam e eliminam resíduos interno e externo do radiador, dando maior durabilidade ao mesmo).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
     

Copyright © 2013 - All Rights Reserved                                                                                                                                                                                                                                                           Desenvolvimento ISH